Foque em seus pontos fortes e não em pontos fracos | Nilo Silva
Por que eu?
04/09/2019
Ninguém é normal: todos têm seus próprios demônios
26/09/2019
Exibir tudo

Foque em seus pontos fortes

Culturalmente somos doutrinados a não possuir fraquezas ou de exterminá-las o quanto antes. Gastamos energia e perdemos tempo em busca do suposto equilíbrio entre pontos fortes e pontos fracos.

Começo esse artigo tão importante com duas perguntas.

Como você acha que seria a sua vida se desenvolvesse mais os seus talentos e pontos fortes? O que te faz pensar que precisa realmente dar tanta atenção para seus pontos fracos?

 

O medo da fraqueza cega seus pontos fortes

Para a maioria das pessoas, o medo da fraqueza pode atrapalhar a confiança em si próprio.

Essas pessoas acham que não são boas o suficiente. Na visão delas, existem pontos fracos que precisam ser trabalhados (e exterminados).

Nesses casos (comuns), a fraqueza é vista como uma espécie de oportunidade, onde trabalhando esse ponto será alcançada a excelência.

Essa visão é um engano!

A excelência só será alcançada se trabalhados e explorados corretamente os pontos fortes.

Todos possuímos pontos fracos. Isso é humano.

Em diversos momentos, precisamos contornar essa situação ou estamos sujeitos ao fracasso. E é assim que nossas fraquezas devem ser vistas.

Elas não precisam ter a mesma atenção e tempo disponibilizados quanto nossos talentos. São nossos pontos fortes que vão nos levar para onde queremos estar.

 

Trabalhar nos pontos fracos é trabalhar a depressão

Martin Seligman, ex-presidente da Associação Americana de Psicologia, afirma ter encontrado mais de 40 mil estudos sobre depressão. E, apenas 40 sobre alegria, felicidade ou auto-realização.

A depressão é uma doença séria. Ela precisa ser estudada a fim de ajudar os que sofrem dessa enfermidade.

Contudo, há um desequilíbrio em nossa cultura de focar mais na fraqueza e na doença do que na força e na saúde.

Veja isso: um aluno que tem como pontos fracos a matemática e a física. Ele não pode simplesmente ignorar essas matérias sob pena de ser reprovado. Ele não poderia dar mais atenção para seus pontos fortes? Ele não poderia usar somente o tempo necessário para que essas matérias não se tornassem um problema no seu período escolar?

Vamos seguir para um exemplo real.

Um dos pontos fracos do velocista Usain Bolt era seu tempo de reação. O tempo de reação é o tempo levado para reagir ao “tiro” de largada. E Bolt tinha as piores saídas. Mas, seus pontos fortes eram suas passadas largas e sua incrível propulsão, o que tornavam-o praticamente imbatível. E, então? Onde você acha que ele focou mais em seus treinos? Quais foram os pontos fortes que ele deu mais atenção?

 

Conclusão

Tudo isso também vale para sua vida.

Seja no trabalho ou na vida pessoal. Perder tempo com pontos fracos é um desperdício. Descubra suas competências. Liste-as, se necessário.

Faça aquilo que você faz de melhor e maximize seus talentos.

Não deixe de brilhar por focar demais nos seus pontos fracos. 

Se dedique aos pontos fortes. Desenvolva a excelência e conquiste o sucesso. Encontre sua verdadeira realização, seja profissional ou pessoal.

 

Acesse a área Motivação em meu blog.

Eu espero poder te ajudar mais.

 

Nilo Silva
Nilo Silva
Nilo Silva - CREF 138079-G/SP, empreendedor e fitness coach, é proprietário da UltraShop Suplementos, graduado em educação física e especialista em comportamento e desenvolvimento humano. Palestrante, escritor e vlogger, Nilo é apaixonado por saúde e acredita no poder que ela tem junto ao controle da mente na evolução de cada pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *